jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

1712 Bando de Leite da Maternidade

Investimentos pontuais e eficientes sempre geram resultados positivos. Um bom exemplo disso é o Banco de Leite Humano Marilurdes Albuquerque (BLH) do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, que recebeu Certificado de Excelência –categoria Ouro – quinta-feira (16), durante encontro da Rede Brasileira de Bancos de Leite, no Rio de Janeiro.

O prêmio patrocinado pelo Programa Ibero-americano de Bancos de Leite Humano e desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz, é concedido aos bancos que seguem padrões nacionais no manejo do aleitamento, levando em consideração a coleta, pasteurização e distribuição.

Anualmente, os bancos de leite humano são avaliados e certificados de acordo com os critérios de excelência preconizados pela Rede Brasileira de Banco de Leite Humano. E esse ano, os investimentos realizados pela Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) foram reconhecidos.

Obter a certificação máxima mostra que a gestão está no caminho certo. É o que afirma a coordenadora do Banco de Leite, Silvia Furlin. “É um reconhecimento importante do nosso trabalho. Quando assumimos a gestão, eram apenas 19 doadoras e atualmente chegamos a 178 doadoras ativas. A coleta de leite triplicou. Estamos encerrando o ano com a recompensa por todo o esforço da equipe e principalmente de nossas doadoras” disse.

A coordenadora ressaltou que a parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima ajudou a ampliar o número de doadoras, com a realização de coletas em domicílio, o que tem ajudado a reforçar os estoques. “O projeto nos ajuda a atender a demanda de doadoras sem que os funcionários do Banco de Leite se ausentem para a coleta. Com isso fornecemos um serviço mais eficiente e humanizado”, explicou.

O BLH atende em média 173 recém-nascidos por mês, que recebem leite de 178 voluntárias internas e externas. No mês de novembro, a unidade coletou mais de 105 litros de leite e distribuiu 76 litros.

O leite é doado para crianças que, por algum motivo, não podem ser amamentados de forma convencional, principalmente prematuros que estão na UTI neonatal. O leite materno traz saúde e vida para as crianças.
Na proporção em que o índice de aleitamento aumenta, a mortalidade infantil é reduzida. Na amamentação, os bebês recebem os anticorpos da mãe para proteção contra infecções, principalmente diarreia e pneumonia.

O Bando de Leite Humano atende todas as mães, que tiveram seus filhos em instituições públicas ou privadas. O funcionamento é 24 horas, podendo a mãe comparecer a qualquer momento. Para ser uma doadora ou procurar os serviços da unidade, basta se dirigir o Banco de Leite, o que pode ser feito tanto por mães que estejam internadas na no HMISN ou lactantes externas. O contato pode ser feito diretamente na maternidade ou pelos telefones 4009-4909 e 0800 782 0177.

NOVOS EQUIPAMENTOS – Dando continuidade às melhorias para o Banco de Leite, a Secretaria de estado da Saúde (Sesau) vai entregar na próxima semana, dois equipamentos novos para a unidade: uma geladeira e um banho-maria para pasteurização. Eles vão somar aos demais existentes na unidade, ajudando a atender a crescente demanda.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down