Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Representante do Ministério da Saúde esteve a frente do evento, discutindo pontos importantes para as práticas

As práticas de atendimento humanizado foi o tema da 2ª Oficina Local do Projeto AcolheSUS Roraima. A programação foi desenvolvida na quarta e quinta-feiras (25 e 26) na ETSUS-RR (Escola Técnica do SUS em Roraima). A oficina colocou em evidência o projeto nacional AcolheSUS, que busca instaurar práticas de atendimento humanizado na rede pública de saúde.

Na reunião, foram discutidos alguns pontos relevantes a serem considerados para proporcionar mudanças no sistema de atendimento ao público, como a gestão do processo de trabalho, articulação da rede de saúde como um todo e a maior valorização do trabalhador.

Consultor técnico da Coordenação Geral da Política Nacional de Humanização, Diego Pinto, ministrou a oficina e fez um balanço do que foi levantado. “Observei que há vários desafios a serem superados para a implementação de fato desse modelo de atenção mais humanizada nas unidades, a exemplo de uma maior união entre atenção e gestão. Tudo deve estar bem articulado para que possamos trazer esse atendimento mais humanizado à população”, disse.

O consultor pontuou ainda ser importante que haja a presença das representações de saúde, em todas as esferas, “para que haja uma maior discussão sobre o assunto”.

PROJETO ACOLHESUS – O AcolheSUS tem como objetivo qualificar o acesso e as práticas de cuidado por meio da implantação da diretriz de acolhimento da PNH (Política Nacional de Humanização) nos serviços de saúde. O Projeto trabalha com as diretrizes: Acolhimento, Ambiência, Gestão e Organização do Cuidado e Qualificação profissional, promovendo a humanização no cuidado em saúde, configurando a base para orientar planejamento de ações estratégicas, a partir de um plano de trabalho com acompanhamento de indicadores de Atenção à Saúde junto ao monitoramento e avaliação.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down