Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Buscando sensibilizar a população e trazer novos doadores, o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) realiza entre 26 e 30 de novembro, a Semana do Doador, em alusão ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado em 25 de novembro. Toda a programação ocorrerá na unidade.

Durante a semana haverá panfletagens, em parceria com a equipe da EMAP (Embaixada Mundial dos Ativistas da Paz), campanhas de incentivo à doação junto a membros de entidades públicas, privadas e religiosas, apresentação musical, atendimento ao público para doação de sangue e sorteio de brindes.

Edna Félix, assistente social do setor de captação de doadores do Hemoraima, contou que a ideia é prestigiar todos aqueles que doam regularmente ou já doaram sangue.

“Apesar de ter uma data especial, todo dia é dia de realizar esse ato solidário, por isso pedimos que as pessoas venham doar, já que não existe outra forma de se obter o sangue. Todos os dias, nos hospitais, sempre terá uma pessoa que precisa dessa doação”, pontuou.

ESTOQUE BAIXO – Atualmente, o banco de sangue do Hemoraima encontra-se em estado crítico. Todas as tipagens sanguíneas estão em níveis bastante baixos, principalmente o tipo O–, considerado como doador universal, ou seja, pode ser transferido para todos os outros tipos sanguíneos.

“É necessário que a doação seja fortalecida pois, com o nosso atual estoque, se houver demanda constante de sangue nas unidades hospitalares do Estado, não poderemos atender esses pacientes”, alertou Edna.

QUEM PODE DOAR – O candidato a doador de sangue precisa ter mais de 50 kg e não deve estar em jejum no dia da doação, mas é preciso evitar a ingestão de alimentos gordurosos até 2h antes da coleta. O adolescente a partir de 16 anos de idade, acompanhado pelos pais ou responsável legal, também pode ser um doador de sangue. Para quem já é doador assíduo, a idade permitida é até 69 anos.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado não podem doar temporariamente, assim como grávidas e mulheres no período pós-parto. Nas duas horas que antecedem ao procedimento, o voluntário preenche um cadastro e em seguida é avaliado clinicamente. Se não houver nenhum obstáculo clínico, a coleta é realizada logo em seguida.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down