jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A Sesau - Secretaria de Saúde do Estado capacita durante 3 dias, profissionais da área de saúde voltados para o atendimento de recém-nascidos de baixo peso. A capacitação vem sendo realizada no auditório do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth até amanhã, sexta-feira (5) para profissionais de todo o Estado.

O Curso de Formação de Tutores no Método Canguru na Atenção Primária contemplou 40 pessoas, que formam a equipe multidisciplinar da Atenção Básica. Os profissionais vão desde enfermeiros, pediatras, assistentes social, psicólogos e médicos.

A iniciativa partiu da Sesau em cumprimento as normativas do Ministério da Saúde, que atendeu as demandas solicitadas pela Secretaria de Saúde. As normativas são voltadas para a atenção humanizada do recém-nascido de baixo peso/prematuro e que precisam dos cuidados do Método Canguru.

A Secretária de Saúde, Cecília Lorenzom, orientou que os representantes da Atenção Básica de todos os Municípios fossem convidados, para se fechar assim, um ciclo de todos os municípios capacitados, incluindo os especialistas da área indígena.

“Esta é uma ação que vai ser fortalecida, pois é uma das prioridades da Saúde. É justamente estar apoiando os repasses dessas capacitações tanto na capital, quanto nos municípios, porque hoje existe certos desafios da atenção básica, para com o trato com os bebês prematuros, as vezes até mesmo por medo de pegar e machucar os recém-nascidos. Por isso, esse treinamento para os nossos profissionais”, reforçou a Secretária.

0407 Curso sobre metodo canguru 1

De acordo com Valentina Vieira, Técnica da Saúde da Criança da Sesau, o Método Canguru envolve várias etapas: a primeira e a segunda são dentro da Maternidade e a 3ª fase é compartilhada entre Maternidade e Atenção Básica, que envolve o encaminhamento do bebê para a Atenção Básica, que tem a responsabilidade de continuar os cuidados, dos prematuros.

“Por isso, este curso é muito importante para aperfeiçoar os nossos especialistas, que vão passar a atender melhor esses pequenos pacientes. Com essa capacitação, os profissionais vão ser especialistas no Método Canguru e após o curso de Formação de Tutores, vão poder passar esse conhecimento para outros colegas”, disse Valentina Vieira.

Os profissionais que se formarem no Curso de Tutores vão agregar com outros especialistas já treinados em outro curso ocorrido em 2015 e 2017, com isso, repassar as técnicas para todos os profissionais da Atenção Básica do Estado, incluindo, os profissionais de nível superior; os agentes comunitários de saúde; os técnicos de enfermagens e técnicos de saúde bucal, preparando assim, todos os profissionais que atuam nas unidades de saúde do Estado, atendendo todos os Municípios.

A Secretaria de Saúde solicitou a qualificação por sentir a necessidade dessa especialidade. Em atendimento a essa solicitação, o Ministério da Saúde encaminhou dois Técnicos de Saúde para ministrar o Curso de formação de Tutores no Método Canguru na Atenção Primária, que vieram tanto para a capacitação, como também, para avaliações das ações no Centro de Referência.

O Hospital Materno Infantil é a unidade de referência no Estado de Roraima no Método Canguru, todos os recém-nascidos de baixo peso, são encaminhados para o Materno.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down