Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O Corpo de Bombeiros Militar de Roraima – CBMRR inicia nesta segunda-feira (23/10), as atividades do cronograma da Operação denominada ‘Boas Festas’, em que os profissionais da Diretoria de Prevenção e Serviços Técnicos – DPST farão fiscalização em clubes, boates e locais de eventos, situados em Boa Vista. Inicialmente, serão desenvolvidas atividades de divulgação e conscientização. As fiscalizações começarão em novembro.

A ação objetiva verificar se esses estabelecimentos atendem às medidas de segurança previstas na legislação referente à obrigatoriedade do sistema preventivo de incêndio e pânico, para preservar a vida e evitar danos ao patrimônio. A atividade faz parte da rotina dos vistoriantes da DPST, mas será intensificada, a partir do próximo mês, tendo em vistas a proximidade dos inúmeros eventos e festas das comemorações de fim de ano.

O comandante-geral do CBMRR, coronel Doriedson Ribeiro, lembrou que a Operação “Boas Festas” é uma forma de conscientizar os proprietários dos estabelecimentos comerciais que promovem festas de fim de ano. Alertar sobre a importância de cumprir todas as medidas de segurança contra incêndio e pânico, exigidas em legislação, para uma atuação eficaz, caso exista uma eventual necessidade de evacuação de locais com concentração de público.

“Com o cronograma da Operação ‘Boas Festas’, damos um passo importante para que festas como o Natal e Ano Novo transcorram dentro da normalidade, visto que, nessa época do ano, muitos bares e boates promovem diversas programações. A fiscalização e regularização junto ao Corpo de Bombeiros são imprescindíveis para que os estabelecimentos proporcionem segurança aos usuários e os proprietários ou responsáveis estejam devidamente assegurados, caso ocorra algum sinistro. Além disso, a Operação tem a finalidade de incentivar, cada vez mais, os empresários a buscarem regularização junto aos órgãos de controle do Estado e da Prefeitura”, salientou.

Além da fiscalização, a Operação “Boas Festas” tem um papel educativo e visa a conscientizar os responsáveis pelos locais com reunião de público sobre a importância do investimento em medidas preventivas de incêndio e pânico coletivo. As atividades de fiscalização ocorrerão a partir do mês de novembro, durante as sextas-feiras, sábados e feriados, conforme o calendário de atividades da Operação.

Para o diretor da DPST, Coronel Jefferson Abreu, o aumento do movimento em casas de festas, clubes e boates, em razão das festas de fim de ano, requer, além da fiscalização dos sistemas de prevenção a incêndio e pânico coletivo, um reforço educativo, com intuito de conscientizar os responsáveis, para que regularizem seus estabelecimentos comerciais junto ao CBMRR e evitem a ocorrência de desastres com perdas de vidas humanas e danos materiais.

As vistorias de rotina realizadas pelo Centro de Vistoria e Análise de Projetos da DPST apontam que o sistema preventivo ainda é a principal medida de segurança nos estabelecimentos comerciais. Alguns itens obrigatórios do sistema preventivo, como sinalização de emergência, iluminação de emergência e extintor podem evitar uma situação de sinistro, posto que, se algum desastre acontecer, os custos podem ser bem maiores do que o investimento na parte de prevenção.

O CBMRR definiu antecipadamente a divulgação das atividades de fiscalização, com o intuito de alertar os proprietários e responsáveis pelos estabelecimentos comerciais, para que, caso as empresas que atuam em Roraima ainda não estejam regularizadas junto ao Corpo de Bombeiros, compareçam à DPST, localizada no Quartel do Comando Geral do CBMRR, na Avenida Venezuela, nº 1271, no bairro Pricumã, para fazer a regularização.

CALENDÁRIO – As atividades de divulgação e conscientização educativa começam no dia 23 de outubro e as fiscalizações da Operação ‘Boas Festas’ vão ocorrer às sextas-feiras, sábados e feriados, no período de 2 de novembro a 16 de dezembro de 2017.

No dia 20 de dezembro, com finalidade de dar publicidade aos atos da fiscalização, será divulgado o balanço final com os resultados da Operação, referentes às notificações, multas, interdições e todas as infrações e penalidades previstas em legislação, para que as empresas com alguma irregularidade recorram e/ou possam dirigir-se ao Corpo de Bombeiros ou ao órgão competente, para efetuar a regularização.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down