Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Intervenção do Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), por intermédio da Promotoria de Justiça de São Luiz, resultou em decisão judicial para obrigar o governo de Roraima a reforçar a segurança pública nos municípios de São Luiz, Caroebe e Baliza, localizados no sul do estado. A liminar foi proferida no último dia 18/04 pelo juízo da Comarca de São Luiz.

Conforme a decisão, o estado deve reativar no prazo de até 60 dias, os números de emergência 190 da Polícia Militar e 197 da Polícia Civil nos 3 municípios. A liminar também requer a disponibilização em 30 dias, dos serviços internos de telefonia e internet, a fim de atender a Delegacia de Baliza e destacamentos da PM.

A Justiça também deferiu pedido do MPRR para obrigar o estado a disponibilizar no prazo de até 3 meses, uma nova viatura modelo camionete para cada destacamento da PM nos 3 municípios e extensão de Entre Rios e, ainda, 2 novas viaturas para a Delegacia de Polícia de Baliza em substituição aos veículos já deteriorados.

Outro pedido deferido diz respeito a manutenção diária e ininterrupta de, no mínimo, 4 policiais militares em cada destacamento da PM existentes nas cidades de São Luiz, Baliza, Caroebe e extensão de Entre Rios. O estado tem 9 meses para acatar a referida determinação judicial.

AÇÃO CIVIL PÚBLICA – O pedido do MPRR foi ajuizado em março deste ano e, conforme o promotor de Justiça de São Luiz, Antônio Carlos Scheffer, a ausência e falhas no aparelhamento dos órgãos de segurança pública na região são fatores determinantes para o aumento da criminalidade nos 3 municípios.

“Embora os membros integrantes das polícias civis e militares exerçam suas funções com afinco e empenho jamais visto por este signatário – verdadeiros heróis –, o combate tornou-se desigual, refletindo uma guerra quase vencida pelas organizações criminosas”, lamenta.

POLICIAS CIVIL E MILITAR – Na ação, o MPRR destaca que a região dispõe de um quadro reduzido de policiais civis e militares, apesar dos municípios de São Luiz, Baliza e Caroebe abrigarem juntos uma população de aproximadamente 25 mil habitantes.

“Todos dependem de uma única Delegacia de Polícia, a qual funciona apenas até as 13h30. Após o horário atende em escala de plantão, em razão do quadro reduzido de agentes”, relata o promotor de justiça.

A ação destaca que a Delegacia não dispõe de telefone ou internet. Em razão das falhas, o atendimento à população por meio do 197 está prejudicado. A unidade conta, ainda, com apenas duas viaturas as quais, recorrentemente, encontram-se inoperantes, exigindo conserto.

Os problemas também se estendem a atuação da Polícia Militar, que além de não contar com o funcionamento do número de emergência 190, dispõe em cada cidade de dois policiais militares. “Aliás, a depender do dia e da escala de plantão, existe apenas um policial militar no destacamento”, conclui o promotor de Justiça.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down