Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A presidente do IPEM (Instituto de Pesos e Medidas) de Roraima, Isabella Dias, esteve em Brasília nesta quinta-feira (10), em reunião com o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge. O objetivo do encontro foi tratar do impacto da crise migratória venezuelana, bem como, o aumento na comercialização de produtos importados dos países vizinhos.

Conforme a presidente, Roraima teve um crescimento populacional acentuado nos últimos anos com a imigração de venezuelanos, fator que impactou diretamente em vários setores. Entre eles, no aumento na comercialização de produtos importados, que gerou uma demanda extra nas fiscalizações do IPEM-RR.

“Entre os produtos importados mais comuns no mercado roraimense, estão brinquedos, ventiladores, copos descartáveis e produtos têxteis. O IPEM tem por dever, garantir que esses produtos estejam dentro do regulamento e normas previstas nas leis brasileiras” esclareceu.

Em 2017, mais de 700 cadeiras plásticas da marca Manaplast, oriundas da Venezuela foram apreendidas pela equipe de Qualidade. “Apesar dos produtos estarem com processo de importação em dia ao dar entrada no posto da Sefaz (Secretaria Estadual da Fazenda), os produtos estavam sem o selo de obrigatório do Inmetro, o que resultou na apreensão do material”, comentou Isabella.

Outro tema discutido durante a reunião foi a implantação de laboratórios adequados, para subsidiar os serviços e verificações realizadas pelo IPEM em Roraima. “Diante do cenário atual e o andamento para a construção da nova sede do Instituto, são necessários laboratório novos e equipados, sobretudo porque o aumento na fiscalização de produtos importados se tornou cada vez mais comum nas feiras livres da capital”, pontuou a presidente.

Além disso, houve também um aumento significativo na produção de grãos variados no Estado, e com isso aumentou a necessidade de implantar um laboratório de grãos dentro da nova sede. “Já recebermos do MDIC a primeira parcela do investimento destinado à nova construção, graças ao empenho do ministro Marcos Jorge, que vem tendo uma atenção extra as nossas demandas” finalizou.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down