Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Guardas civis municipais prenderam neste final de semana Thiago de Souza, de 26 anos, acusado de depredar duas paradas de ônibus no bairro Alvorada, zona Oeste de Boa Vista. A prisão em flagrante aconteceu depois que uma testemunha acionou os agentes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu). O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes do 5º Distrito Policial.

Vandalismo é crime, conforme o artigo 163 do Código Penal Brasileiro, e a pena para quem for pego destruindo o patrimônio público pode variar de seis meses a três anos de detenção, além de multa. É importante a colaboração dos moradores para que sejam parceiros do poder público e ajudem a cuidar da cidade. Qualquer ato de vandalismo deve ser denunciado nos telefones 153 da Guarda Municipal, 190 da Polícia Militar ou até mesmo na Central de Atendimento 156.

Para atender as ocorrências, a Prefeitura de Boa Vista conta com um efetivo de 397 guardas municipais, com os seguintes agrupamentos: Grupo Tático Municipal (Gtam), Ronda Ostensiva Municipal (Romu), Ciclopatrulha e Defesa Civil, além da Patrulha Maria da Penha, que atua em parceria com o Poder Judiciário no acompanhamento de vítimas de violência doméstica. Além disso, 152 guardas civis portam armas de fogo.

Antes, a GCM apenas oferecia suporte às polícias e zelava pela segurança do patrimônio e dos logradouros públicos. Hoje, a GCM dispõe de prestígio em todo o país, ostentando o posto de uma das mais bem equipadas e mais preparadas forças de segurança pública do Estado de Roraima.

Em janeiro deste ano, a prefeitura entregou 300 pistolas calibre 380. Todo esse armamento deve ser utilizado pelos guardas civis aprovados em 2017 no Curso de Capacitação Técnica para Manuseio de Armas de Fogo de Repetição e Semi-automáticas. Recentemente, a GCM recebeu dez espingardas calibre 12, modelo Pump Cbc Tactical.

A Guarda Civil também dispõe de 27 viaturas, 18 motocicletas, 01 microônibus de monitoramento e 25 bicicletas (para a Ciclo Patrulha), 160 coletes à prova de balas, 41rádios digitais. Para o superintendente da GCM, inspetor Murilo Santos, hoje a instituição orgulha os boa-vistenses devido ao bom trabalho que tem desenvolvido na área de segurança pública.

“Hoje, devido à problemática que se instalou em Boa Vista em questões simples ou complexas de segurança, trabalhamos diariamente no cuidado com o patrimônio e as pessoas. Hoje temos condições melhores para atender a nossas necessidades e as dos moradores. O objetivo é evitar crimes contra o patrimônio e contra a vida” observou superintendente da GCM, inspetor Murilo Santo.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down