Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O projeto Maria vai à Escola do Tribunal de Justiça de Roraima idealizado pela Coordenadoria Estadual da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, receberá em dezembro, o Selo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) 2018 e Casoteca de Práticas Inovadoras no Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

Conforme a Comissão de Seleção, que se reuniu em São Paulo, para discutir as visitas realizadas pelos pesquisadores às iniciativas finalistas, “o processo foi extremamente concorrido, dada a altíssima qualidade dos projetos”.

No dia 17 de outubro, o projeto recebeu a visita da pesquisadora/avaliadora do Fórum Brasileiro de Segurança Publica, Marina Pinheiro, que veio ver como o projeto se dá na prática. O Maria vai à Escola foi selecionado para a segunda fase de avaliação para o Selo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) 2018 e Casoteca de Práticas Inovadoras.

O Selo FBSP de Práticas Inovadoras é uma iniciativa que tem como objetivo reconhecer práticas desenvolvidas pelas instituições policiais e guardas municipais e por órgãos da segurança pública ou Justiça em articulação com outros órgãos do poder público municipal ou estadual e/ou sociedade civil, com potencial de transformação dos cenários de violência contra a mulher.

A Casoteca FBSP de Práticas Inovadoras é um acervo de práticas, ações e projetos desenvolvidas pelas Polícias e Guardas Municipais e documentadas pela equipe do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Projeto Maria Vai a Escola - Começou em 2015 e até o momento foram beneficiadas 14 escolas municipais da capital com grade de 8 aulas, atendendo aproximadamente 1.700 alunos que cursam o 5º ano do Ensino Fundamental.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down