Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Dos 107 militares, 63 soldados foram promovidos e 44 segundo sargento estão habilitados à promoção para primeiro sargento

O Comando Geral da Polícia Militar de Roraima realizou na manhã de terça-feira (20), no auditório do CAF (Centro Amazônico de Fronteiras), da UFRR (Universidade Federal de Roraima), a cerimônia de formatura de 107 policiais militares, sendo 63 cabos já promovidos e 44 segundo sargentos, que estão habilitados à promoção para primeiro sargento.

A formação foi realizada na Apics (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago), na modalidade semipresencial, e teve duração de quatro meses. Foram 220 horas/aula para o CAES (Curso de Aperfeiçoamento Especial de Sargentos) e 260 horas/aula para CFC (Curso de Formação de Cabos).

Conforme o comandante-geral, coronel Edison Prola, esta é uma forma de valorizar e reconhecer o trabalho realizado pelos policiais militares. “A PM de Roraima é uma das mais jovens do Brasil e é reconhecida nacionalmente pelo trabalho e pela honestidade”, enfatizou.

“Estamos completando 43 anos de existência. Somos uma polícia que vem mostrando à sociedade de Roraima um quadro de pessoal preparado, honesto acima de tudo, e reconhecido em todo o território nacional. Isso nos enche de orgulho”, reforçou Prola, acrescentando que os investimentos feitos no pessoal e no aparelhamento da PM são importantes para melhoria e crescimento da Corporação.

2111 Curso de Formacao de Cabos e Sargentos

Ainda de acordo com o comandante, os 63 novos cabos já têm dez anos de experiência na Polícia Militar. “É importante dizer que esses cabos são soldados com dez anos de serviço. Para ser cabo na PM, é preciso ter dez anos de Corporação. É uma turma que ingressou na PM em 2008, e, agora, dez anos depois, são reconhecidos pelo Governo do Estado”, disse.

“Hoje, estamos também entregando à sociedade 44 segundo sargentos que finalizaram o Curso de Aperfeiçoamento Especial de Sargentos. É um curso obrigatório na carreira. O sargento só galga as graduações na sua carreira se tiver esse curso”, explicou.

Primeira colocada no Curso de Aperfeiçoamento de Sargento, a segundo sargento, Aureni Fiaz de Araújo, de 40 anos, comentou a conquista. “É uma satisfação muito grande ser a primeira colocada no curso, porque é uma forma de superação. Mesmo diante de algumas dificuldades, estamos terminando o curso com êxito. Este ano foi de muita superação para mim. Acredito que é uma coroação de tudo o que percorri esses anos. É uma forma de celebração. São 17 anos na PM. Agora, é só aguardar a promoção para primeiro sargento”, afirmou.

Há 10 anos como soldado da Polícia Militar, Maria Ivone Castro, de 43 anos, revelou alegria pela promoção a cabo. “Estou há dez anos na PM. É uma felicidade muito grande ser reconhecida pelo tempo de serviço. Estamos felizes e agradecidas. O futuro nos espera. Daqui pra frente é só subir mais degraus na carreira militar”, disse.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down