Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A higiene bucal deve ser uma preocupação de todas as pessoas, em todas as idades. Mas em uma fase específica esses cuidados devem ser redobrados. Durante a gravidez, as mulheres devem ficar atentas à saúde dos dentes para evitar doenças comuns nesse período que podem provocar até um parto prematuro.

A escovação adequada, o uso do fio dental, uma alimentação equilibrada e visitas mais frequentes ao dentista podem resultar em uma gestação mais saudável. Essas orientações foram repassadas por acadêmicos de Odontologia da Faculdade Cathedral a cerca de 40 futuras mamães atendidas pelo Programa Família que Acolhe na manhã desta terça-feira (3).

Os estudantes explicaram o que a falta de cuidados com a saúde bucal pode causar na gravidez. “Durante a gestação, a grande variação hormonal e imunidade mais baixa facilitam o aparecimento de infecções na cavidade oral. A falta de higienização adequada pode provocar doenças como a gengivite gravídica e a periodontite que são inflamações nas gengivas que podem, inclusive, estimular o parto prematuro”, explicou o estudante Cosme Alves.

As gestantes foram orientadas a escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia, usar o fio dental diariamente e visitar o dentista a cada três meses. Além de evitar alimentos industrializados. Elas também receberam um kit com escova e creme dental.

“Eu aumentei a quantidade de escovação durante a gravidez, passei a usar o fio dental com mais frequência. Nós precisamos ficar atentas à nossa saúde”, disse a dona de casa Márcia Meyre da Conceição, 35 anos, grávida de cinco meses.

“Essas orientações são importantes pra gente cuidar da nossa saúde e da saúde do bebê”, disse Suzana Lima, 39, anos, grávida de quatro meses.

É a primeira vez que o tema saúde bucal é abordado com turmas de gestantes da Universidade do Bebê (UBB). Nas turmas de bebês e crianças o assunto já faz parte do calendário de encontros.

A coordenadora da UBB, Valéria Reinbold, reforçou a importância de tratar o tema durante a gestação. “A saúde bucal da gestante é mais delicada, ela fica mais suscetível a doenças. Com a prevenção, que é o que estamos tratando aqui, a grávida mantém sua saúde e a do bebê e dia”, destacou.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down