Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Além da pintura de faixas, foram implantadas mais de 300 novas placas de sinalização em toda a capital

O trânsito de Boa Vista tem recebido grandes investimentos em estruturação. De janeiro a maio deste ano, as ruas da capital já receberam mais de 5.000 m² de sinalização horizontal, o que significa mais faixas de pedestres, seccionadas ou de bordo que orientam condutores. As ações da Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran) são constantes e atendem todos os bairros da capital, inclusive os mais afastados.

As equipes percorrem a cidade, monitorando ruas e avenidas e aplicando as melhorias conforme as necessidades. E na medida em que as vias recebem nova pavimentação, a sinalização horizontal acompanha, de forma a contribuir com um trânsito mais ordeiro e seguro. “O trabalho da engenharia de trânsito acontece diuturnamente. Temos uma programação constante de manutenções dentro de um planejamento de vistorias em toda a cidade. Também atendemos demandas que nos chegam através da central 156”, afirmou Gilvan Santos, superintendente municipal de Trânsito.

Quem faz uso das vias públicas diariamente só tem a comemorar. É o caso da cabeleireira Nádia Lira, que aprovou a nova sinalização no bairro Aparecida, onde mora. Para ela, faixas de trânsito representam maior segurança, tanto para os pedestres quanto para os condutores, que poderão se guiar melhor nas ruas estreitas.

“Eu gostei muito. Caminho todos os dias de casa até a academia e hoje vejo mais organização no trânsito do bairro. Temos faixas de pedestres onde podemos atravessar com segurança. Facilita muito a nossa vida de pedestre”, disse.

Além da pintura de faixas, foram implantadas também mais de 300 novas placas de sinalização (vertical) em toda a capital, desde janeiro. Porém, a ação dos vândalos ainda é um problema, pois representa grande prejuízo ao município. Segundo Gilvan, a população tem um papel importante no combate, denunciando qualquer ato de degradação do patrimônio público.

“A ação dos vândalos ainda é constante, principalmente nos bairros mais afastados do Centro e deve ser combatida por toda a população. Para se ter uma ideia, a cada 100 novas placas implantadas, são repostas de 50 a 60 por conta do vandalismo. Ou seja, é um grande prejuízo para os cofres públicos. A prefeitura poderia estar investindo o dinheiro das reposições em outras ações”, revelou.

De acordo com o artigo 163 do Código Penal, quem comete vandalismo está sujeito a pena de um a seis meses de detenção, além de multa. Em caso de dano ao patrimônio público, a pena é aumentada para seis meses a três anos de detenção, além de multa. A população pode denunciar de forma anônima, ligando para os números 156 (Central de Atendimento da Prefeitura de Boa Vista), 153 (Guarda Civil Municipal) e 190 (Polícia Militar).

0
0
0
s2smodern

logo JRH down