Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Pouco mais de 30% das consultas não são realizadas por falta do paciente e as especialidades com mais faltosos são cardiologia, neurologia, neurocirurgia e ortopedia

A cada 10 consultas agendadas na Clínica Especializada Coronel Mota, de 3 a 4 pessoas faltam, ou seja, quase a metade. Para tentar reverter essa realidade e evitar o desperdício de vagas, a direção da unidade tem solicitado apoio do município para garantir que a população seja devidamente avisada sobre o agendamento dos procedimentos.

Os pacientes que realizam a solicitação de agendamentos de consultas e não comparecem representam pouco mais de 30% dos atendimentos não realizados. As especialidades com maior procura e maior número pacientes faltosos são a de cardiologia, neurologia, neurocirurgia e ortopedia.

A diretora geral da Clínica Especializada, Ellen Aragão, ressaltou a importância do contato entre os postos de saúde e os usuários para a melhoria do atendimento naquela unidade de saúde.

“Se a comunicação entre os postos e os pacientes não acontecer, o número de faltosos no Coronel Mota vai permanecer alto, prolongando a espera na marcação de consultas para quem realmente precisa”, explicou.

FALTOSOS - Se o usuário não puder ir à consulta no dia agendado, ele pode entrar em contrato com o NAP (Núcleo de Atendimento ao Paciente) pelo telefone 2121-7450, ou ir pessoalmente à CECM, antecipadamente, para informar a impossibilidade do comparecimento. Assim o Núcleo providenciará o reagendamento, podendo encaixar outro paciente na vez.

“Assim, 100% das vagas podem ser aproveitadas”, ressaltou Ellen Aragão, completando que “se a pessoa simplesmente faltar, ela terá de procurar novamente um posto de saúde para solicitar um novo agendamento, tirando a chance de que a unidade coloque outra pessoa no lugar”.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down