Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Enquanto dormimos, nosso corpo trabalha, de forma silenciosa, para que a gente aprenda melhor, haja melhor e se sinta melhor. Quando o sono não é satisfatório ou suficiente, todo o processo de viver é prejudicado, incluindo nossa produtividade e nosso comportamento social.

Nos preocupamos muito com a qualidade do sono de um bebê. Sem barulhos, sem interferências. Em nosso íntimo, sabemos que o sono é totalmente relevante para nossa saúde psíquica, física e emocional. Entretanto, com o passar do tempo, parecemos negligenciar essa nossa necessidade básica, em detrimento da produtividade, da urgência e da tecnologia. E sofremos, muito, com essa mudança de comportamento.

Segundo o fisioterapeuta com foco em saúde integrativa Sergio Bastos Jr, sócio na Biointegral Saúde, que reúne tratamentos para combater a causa primária de dores e doenças crônicas, estima-se, hoje, que cerca de 15% das pessoas tenham algum tipo de distúrbio do sono. “Seja um simples sono agitado, uma insônia irregular, até um problema grave e crônico como não dormir, estamos vivendo uma relação ruim com o sono”, explica ele. O aumento desse tipo de problema foi tanto nas últimas décadas, que vimos proliferar clínicas que tratam especificamente do sono. E que tentam descobrir porque as pessoas estão dormindo tão mal.

“Muitas vezes, o sono ruim é a causa de problemas como dores de cabeça, falta de concentração e até um apetite exagerado, por exemplo. Mas, outras vezes, ele é o sintoma de algo mais profundo que pode estar atrapalhando os processos mentais e emocionais. Já pensou que você pode ter um trauma de que não se lembra, talvez até intrauterino, que esteja impedindo uma noite saudável de sono?”, questiona Sérgio.

Ele segue: “já pensou que, no íntimo, pode ser que você não acredite que mereça o descanso e a sensação de prazer que o sino dá, ou então, que você acredite que dormir toma o tempo que devia estar sendo destinado a produzir mais?”. Segundo Sergio, a lista pode ser infinita, acredite. “Nós temos ‘verdades’ que seguimos sem nem desconfiarmos. E descobrir se nossa mente está agindo por vontade própria ou sendo ‘guiada’ por essas crenças é fundamental”, reforça o especialista, que trabalha exatamente com esse foco: de onde vem realmente o que estou sentindo?

Todo mundo merece uma boa noite de sono, a recuperação física e mental, os processos metabólicos, a renovação que acontece a cada adormecer. “Para que suas manhãs sejam milagrosas e que você consiga imprimir força e vitalidade, é preciso aprender a dormir bem!”, finaliza Sergio. Só assim é possível conseguir usar todo nosso potencial, aumentar produtividade, ter mais tempo livre e tantas outras formas de se ter mais saúde e vitalidade.

Fonte: Biointegral Saúde

0
0
0
s2smodern

logo JRH down