Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Mais de 32 mil candidatos já se inscreveram para o Concurso da Polícia Civil de Roraima. As inscrições seguem normalmente, por meio do site da Fundação Vunesp ( www.vunesp.com.br/ ), até terça–feira próxima, dia 16 de outubro, conforme o edital.

Segundo a comissão organizadora a estimativa é que até o final das inscrições, cerca de 38 mil pessoas se inscrevam para o certame. O cargo mais concorrido até o momento é o que agente, seguido pelo cargo de escrivão. Os valores das inscrições variam de R$ 120,00 até R$ 260,00, a depender do cargo a ser pleiteado.

São 330 vagas distribuídas da seguinte forma: 35 vagas para o cargo de delegado classe substituta, 6 para médicos legistas, 2 vagas para odontolegista, 14 vagas para perito criminal, 120 vagas para escrivão de polícia, 100 vagas para agente de polícia, 15 vagas para perito papiloscopista, 23 vagas para auxiliar de perito e 15 vagas para auxiliar de necropsia. Todas as vagas são para a classe inicial.

De acordo com o edital, o subsídio inicial, após a conclusão do curso preparatório, varia entre R$ 3.035,16 até R$ 18.387,42. Do total de vagas, 10% são reservadas para pessoas com deficiência. Cada etapa do concurso terá um edital específico com as datas de convocação para o certame.

AS PROVAS – Todas as fases do concurso serão realizadas na cidade de Boa Vista. As provas objetivas contarão com 60 questões, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos, previstas para os dias 15 e 16 de dezembro.

Será respeitado o prazo para recurso e o resultado será realizado por meio de novo edital com data a ser divulgada posteriormente. Para ser classificado, o candidato tem que ser aprovado em todas as fases.

Para classificação no concurso, independentemente do cargo escolhido, o candidato deverá ser aprovado em todas as fases previstas. Em um primeiro momento serão aplicadas as seguintes provas: objetiva, discursiva, de redação, avaliação psicológica, exames médicos, de capacidade física, prova oral e, também, a investigação relativa aos aspectos moral e social de cada candidato aprovado, de caráter eliminatório, que se encerrará somente ao final da segunda fase.

Na segunda fase, os classificados farão o curso de formação profissional na Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago, com duração de seis meses, com carga horária mínima de 960 horas/aula, de caráter eliminatório, período em que receberão auxílio de formação, conforme previsto no edital. Além disso, essa fase prevê a Prova Final, sobre o conteúdo programático das disciplinas ministradas no Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Polícia Civil do estado de Roraima.

A confirmação das datas, dos horários e das informações sobre local para a realização das provas será divulgada no Diário Oficial do estado. Para o cargo de delegado, será exigido nível superior de bacharel em direito. As demais vagas exigem que o candidato tenha nível superior completo. Somente para os cargos de auxiliar de necropsia e auxiliar de perito criminal será exigido nível médio.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down