jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Anúncio foi feito durante evento da Apae Boa Vista pela secretária Simone Denarium

A Setrabes (Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social) vai apoiar entidades que mantém trabalho voltado para pessoas com deficiência. A iniciativa partiu da titular da Pasta Simone Denarium, na tarde desta quinta-feira (13), durante a 2ª confraternização de Natal da Apae Boa Vista.

O evento realizado no Gressb marcou o encerramento das atividades e serviços oferecidos pela entidade em 2018. De acordo com a secretária, o governo será parceiro e está sensível à causa, prestando apoio necessário às ações.

“O nosso grande desafio será inserir as pessoas no mercado de trabalho. Junto à Setrabes, iremos valorizar as pessoas com olhar mais humanizado, sejam elas mulheres, pessoas com deficiência ou idosos, com parcerias e assistência às entidades”; disse.

Pais e crianças participaram das brincadeiras e dinâmicas educativas que divertiram o público presente. Após as brincadeiras, chegou a hora mais esperada das crianças que esperavam ansiosos a chegada do Papai Noel para dar início a entrega dos presentes.

Para o presidente da Apae Boa Vista, Bruno Perez, esse momento é uma forma de integração entre pais, alunos e pacientes. “Essa é uma forma de interagir e integrar todo mundo, tantos os pais quanto os alunos. E pra coroar 2018, que foi um ano importante. E hoje realizamos essa programação especial para sacramentar 2018 que foi muito bom”, destacou.

A secretária explicou ainda que vai ser preciso quebrar as barreiras do preconceito para facilitar o acesso de todos a diferentes oportunidades. “Precisamos quebrar as barreiras e construir mais acesso, isso deve acontecer primeiro no coração da gente, com a quebra do preconceito. Não é fácil, e como mãe de um adolescente cadeirante, eu sei exatamente o que é sentir o preconceito das pessoas com relação aos nossos filhos”, ressaltou.

APAE - Atualmente a entidade realiza 150 atendimentos à pessoas com deficiência, oferecendo serviços especializados na área da saúde e educação, como fonoaudiólogo, psicólogos, fisioterapeuta, pedagogos e assistente social. Desse total, 40 usuários são da educação especial e 110 da área da saúde.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down