Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Programação seguirá até amanhã, sexta-feira, 15 de março, Dia Nacional do Consumidor com ação na Feira do Produtor

Amanhã, sexta-feira, dia 15, será comemorado o Dia Nacional do Consumidor. Em alusão à data uma equipe do Procon Assembleia está realizando nesta semana uma caminhada, para levar informações aos lojistas e consumidores dos centros comerciais de Boa Vista.

A comitiva já esteve percorrendo o centro comercial da avenida Ataíde Teive, zona Oeste da cidade. Foram entregues panfletos com as principais informações relativas ao Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A ação visa também equilibrar as relações de consumo. Para o Procon o ideal é que consumidores e fornecedores possam resolver eventuais pendências comerciais sem a necessidade de recorrer ao Procon ou ao Judiciário, mas cumprindo o que determina o Código.

Conforme a programação, ontem foi a vez do Centro Comercial da rua Solon Rodrigues Pessoa, antiga N-5, bairro Pintolândia, e no dia seguinte na rua Estrela Dalva, bairro Raiar do Sol, encerrando na sexta-feira na Feira do Produtor, bairro São Vicente.

1403 Defesa do consumidor fiscalizacao2“Este ano elaboramos um panfleto com os direitos básicos do consumidor. De posse deste, a pessoa terá mais conhecimento e saberá reivindicar seus direitos. No encerramento vamos montar uma tenda para atender o produtor rural, uma classe menos beneficiada por morar distante do município do Boa Vista”, afirmou Eumaria Aguiar, diretora do Procon Assembleia.

O frentista Derek Jorge de Souza Faria avalia a ação como importante porque municia o consumidor de informações. “O brasileiro não tem o hábito de pesquisar, então esse tipo de informação otimiza o conhecimento. Uma ação dessa faz até com que os proprietários das lojas fiquem em alerta, sabendo que Roraima também está preocupado com os seus consumidores”, avaliou.

A vendedora Ana Kelly Andrade ressaltou que ações que disseminam conhecimento sempre ajudam a mudar a vida das pessoas. “Às vezes as pessoas têm o direito violado e não têm esse conhecimento, por isso é importante saber desses direitos, assim como é importante também levar aos consumidores dos bairros mais afastados do centro”, recomendou.

A gerente de uma das lojas visitadas, Aline Pereira Barbosa, disse que todos são orientados a respeitar os direitos dos clientes. “Sempre oriento aos vendedores sobre como devem proceder na troca de mercadorias, para que informem o cliente que não se faz troca ou devolução do dinheiro pelo simples fato de desistir do produto”, contou ela que também ficou sabendo das palestras disponibilizadas pelo órgão, que tem o intuito de qualificar vendedores e lojistas. “Vou entrar em contato com o Procon para agendar uma palestra para orientar os vendedores sobre o direito do consumidor”, concluiu.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down