jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A proposta é realizar um trabalho educativo em parceria com o Sindipostos para explicar como é a composição do preço final

O Procon da Assembleia reuniu-se, final da semana passada, com os representantes do Sindicato dos Postos de Combustíveis de Roraima (Sindipostos - RR) para entender os motivos constantes dos reajustes no preço da gasolina. O órgão vai elaborar uma campanha educativa para explicar como o preço da gasolina e do diesel são calculados.

"Alinhamos para que seja feita uma campanha para divulgar as informações ao consumidor", explicou a diretora do Procon, Eumária Aguiar. A proposta é realizar um trabalho educativo para elaborar um documento, que será disponibilizado ao consumidor. "Temos esse interesse de esclarecer essas situações aos órgãos fiscais e à população", disse o presidente do Sindipostos, José Neto.

Segundo o presidente, o reajuste nacional vem ocorrendo desde janeiro deste ano. Ele afirma que os valores dos combustíveis são alterados diariamente pela Petrobrás, resultando no efeito cascata. À medida que o combustível aumenta na refinaria, acaba refletindo nas distribuidoras, e por último nos postos de gasolina.

PREÇO - O preço final da gasolina e do diesel é composto basicamente por 4 parcelas: realização do produtor ou importador, no caso a Petrobras, incluindo custo e lucro; custo do etanol anidro (no caso da gasolina) e do biodiesel (no caso do diesel); tributos (ICMS, PIS/Pasep e Cofins, e Cide) e margens de distribuição e revenda.

Para orientar o consumidor e inibir cobranças abusivas. O Procon Assembleia realizou nesta semana, um levantamento de preço de gasolina em dez postos de combustíveis na Capital, tanto na região central quanto na periferia da cidade. A consulta aponta para uma diferença de até R$0,22 de um estabelecimento para outro.

O levantamento aponta que a gasolina comum sofre uma variação de R$ 4,12 a R$ 4,29 no pagamento em dinheiro, e de R$ 4,25 a R$ 4,39 no cartão de crédito. O valor de R$ 4,12 é praticado apenas por um dos estabelecimentos consultados. Já a gasolina aditivada apresenta variação de R$ 4,17 a R$ 4,39 no pagamento à vista.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down