jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Mostras de vídeos, exposições, rodas de conversa e apresentações culturais estão entre as atividades que serão promovidas, no mês de abril, nos Campi Boa Vista Zona Oeste, Novo Paraíso e Amajari

Comemorado em 19 de abril, o Dia do Índio será lembrado com uma programação especial nos Campi Boa Vista Zona Oeste (CBVZO), Novo Paraíso (CNP) e Amajari (CAM) do Instituto Federal de Roraima (IFRR). Mostras de vídeos, exposições, rodas de conversa e apresentações culturais estão entre as atividades que serão promovidas no mês de abril.

No Amajari, a programação teve início na terça-feira, 16, com uma exibição de filme, que também ocorrerá na próxima terça-feira, 23. Nesta quarta-feira, 17, haverá uma roda de conversa sobre a temática e, em 26 de abril, a unidade realiza o evento oficial, a partir das 8 horas, com a mesa-redonda “A criação do Campus Amajari e a importância da participação indígena”.

Também será feita uma homenagem às lideranças indígenas locais, seguida de apresentações culturais, relato de vivências e experiências de estudantes indígenas do campus, apresentação de cordel e desfile de estudantes indígenas. A programação termina ainda no dia 26, com os Jogos Indígenas da unidade, que terá início a partir das 14 horas, e contará com competições de arco e flecha, corrida com tora, queda de corpo, queda de braço e cabo de guerra.

1804 Indígenas IFRR 2Já no sul do estado, o Campus Novo Paraíso promove as atividades alusivas ao Dia do Índio, nesta quarta-feira, 17, com a mostra de vídeos contendo depoimentos de indígenas das etnias terena, taurepang, macuxi e wapixana. Eles serão exibidos das 9h45 às 10h30, nas dependências da unidade. No mesmo horário, haverá uma exposição de artefatos indígenas dos Estados do Maranhão, Amazonas, Roraima e da Venezuela. As atividades no campus seguem com a exibição do documentário “Equívoco 2: os índios estão perdendo a cultura”, das 12h às 13h30.

Na Capital, o Campus Boa Vista Zona Oeste realiza as comemorações nesta quinta-feira, 18. A abertura ocorre às 13h30, seguida da apresentação cultural de dança parixara, conduzida por alunos do Campus Amajari, que vão participar do evento como convidados. A programação inclui apresentações culturais do professor Elieser Rufino, que cantará músicas regionais, e de estudantes da unidade. Durante o evento, ainda serão expostos painéis sobre os costumes da etnia yanomami e haverá degustação de pratos típicos da culinária roraimense.

EDUCAÇÃO INDÍGENA – Conforme dados da plataforma Nilo Peçanha, sistema do MEC que reúne dados e indicadores da Rede Federal de Educação Profissional, Cientifica e Tecnológica do Brasil, em 2017, a quantidade de alunos que se autodeclararam indígenas no IFRR chegou a cerca de 12% dos 4.477 matriculados em algum dos cursos presenciais e a distância (de todos os níveis). Em 2018, esse número aumentou para 19% dos 5.786 estudantes matriculados na instituição.

Dos cinco campi do IFRR, o Campus Amajari é o que possui maior número de alunos indígenas autodeclarados, quase 60%. Eles são das etnias macuxi, wapixana, sapará e taurepang. Neste ano, ainda houve o ingresso de dois estudantes yecuana, da região de Auaris, localizada na Terra Indígena Yanomami.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down