jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

As trocas foram feitas nas casas de consumidores beneficiários de programas sociais

2806 Consumo de energiaA Companhia Energética de Roraima concluiu o projeto piloto do programa de Eficiência Energética “Cerr na Comunidade”, executado desde 2015 no estado. Ao todo, mais de 4 mil moradores de municípios e vilas foram beneficiados com a substituição de 6.200 lâmpadas que consomem menos energia.

As trocas foram feitas após vistoria nas casas dos clientes para confirmar os dados informados no ato de cadastro. Uma lâmpada fluorescente de 15 W compacta economiza em até 75% comparada a uma lâmpada incandescente de luminosidade equivalente com longa durabilidade.

De acordo com o chefe da Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento da Cerr, Wagner Xavier, a empresa cumpriu com todas as exigências do projeto. “Nós tivemos a preocupação em substituir as lâmpadas incandescentes por fluorescentes, que são mais econômicas, tendo em vista que as lâmpadas incandescentes que não serão mais vendidas no comércio a partir do dia 30 de junho, conforme a portaria nº 1007/2010 do Ministério de Minas e Energia”, ressaltou.

O projeto é voltado para consumidores de baixa renda cadastrados na Tarifa Social e beneficiários de programas do Governo Federal que moram no interior do Estado, regulada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Foram atendidos clientes do município de Caracaraí e as unidades localizadas na Vila São José, Vila Petrolina, Vista Alegre e Vila Novo Paraíso. Em Rorainópolis, além da sede, foram contempladas as Vilas Martins Pereira, Nova Colina, Equador e Jundiá. No município de São Luís foi associada à Vila Moderna. Também foi atendido município de Mucajaí.

Durante a execução do Programa, foram sorteadas 222 geladeiras novas com o Selo Procel A (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica). A Cerr foi às casas das pessoas sorteadas para trocar as geladeiras já velhas e que não apresentam eficiência energética para trocá-las por equipamentos novos. Todo o material recolhido foi encaminhado à uma empresa de reciclagem. Os moradores também receberam palestras educativas nas localidades, com foco na conscientização sobre o uso correto, racional e seguro da energia.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down