jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

2203 Treinamento de professores municipaisProfessores das salas de aula do ensino regular de arte, educação física, informática e os coordenadores pedagógicos das escolas municipais Luís Canará, Juslany Flores, Delacir de Melo e Carmem Eugênia Macaggi foram capacitados na noite de terça-feira, 20, para participarem da primeira etapa de ampliação do projeto Desbravadores Digitais que é uma parceria entre Secretaria Municipal de Educação e o Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) da Prefeitura de Boa Vista.

Durante a capacitação, o gestor do projeto Felipe Rocha orientou os professores em relação aos planos de aula, a maneira de trabalhar o projeto dentro da sala de aula. Além disso, foram repassadas informações sobre o funcionamento do projeto, objetivos, as grades de aulas, plataformas com sistema GIS Opensource e imagens de satélite. Os profissionais ainda participarão de outros encontros para aprimorar a metodologia que será utilizada com os alunos das escolas.

A capacitação fará com que os professores sejam multiplicadores do aprendizado e possam repassar o conhecimento aos alunos dentro de sala de aula. Durante os cinco meses de aplicação do projeto nas escolas, os educadores continuarão recebendo orientações e apoio da tutora do projeto do CCTI, Karen Elenn, que fará visitas todas as segundas e quartas-feiras para verificar se o professor está alinhado com a uniformidade do projeto. As aulas estão previstas para iniciar no final de abril.

O vice-prefeito Arthur Henrique Machado esteve durante a capacitação e falou sobre o início do projeto em 2016, quando se surpreendeu com o desempenho dos jovens. "Essa ampliação é um marco para o CCTI porque agora passa a atuar geograficamente fora do seu prédio. Expandir o projeto e trabalhar com as crianças dentro da própria escola vai contribuir muito, porque é importantíssimo a gente alinhar os conhecimentos pedagógicos disciplinares convencionais da educação com as ferramentas tecnológicas que iremos levar para as crianças”, disse.

Para coordenadora pedagógica da escola municipal Juslany Flores, Daisy Fernandes, essa é uma grande oportunidade tanto para as crianças quanto para os professores. "Vai ser muito produtivo para os alunos, porque é uma forma deles começarem a se habituar com a tecnologia e estudar temas como políticas públicas do nosso município focando no tema central do projeto que é agricultura e clima", concluiu.

Segundo o gestor dos Desbravadores Digitais, Filipe Rocha, ampliar o projeto para ser aplicado nas escolas foi um grande passo. Nessa nova fase, esse projeto vai trabalhar com educação 3.0, onde o professor se envolve na busca pelo conhecimento junto aos alunos durante as aulas.

"Estamos fechando um ciclo, ensinando políticas públicas desde a idade base, que são as crianças do 4º ano, continuando com os jovens de 11 a 15 anos com o trabalho feito dentro do CCTI e dando oportunidade de profissionalização com bolsas sociais para os alunos que mais se destacarem, para que se tornem monitores nas próximas etapas do projeto", frisou Filipe.

DESBRAVADORES DIGITAIS – O Projeto Desbravadores Digitais ensina a construção de políticas públicas a partir do escopo de gestão de projetos, entendimento de construção de políticas públicas, formação geográfica e programação de sistemas. O projeto começou no Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI) em 2016 e foi concluído em janeiro deste ano, com a apresentação do trabalho de pesquisa e o estudo de campo realizados durante os seis meses pesquisas realizadas pelos alunos, foram abordadas duas temáticas: “Ciclovias temáticas - Interligando parques, praças e destinos turísticos” e “Segurança Pública”. Além disso, os alunos ainda confeccionaram guias turísticos de bolso - produto final do projeto desenvolvido por eles.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down