Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Nas eleições de 2018, todo o eleitorado roraimense votará utilizando o sistema biométrico de coleta de digitais. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral - TSE, Roraima foi o sétimo Estado a concluir a biometria no país, depois de Alagoas, Amapá, Distrito Federal, Sergipe, Goiás e Tocantins. Até 2022, todos os eleitores brasileiros deverão votar biometricamente.

Em 2016, o Tribunal Regional Eleitoral de Roraima - TRE-RR iniciou a quarta etapa do recadastramento biométrico no dia 16 de maio, no município de Caracaraí, e finalizou em Pacaraima, no último dia 15 de dezembro. No total, 123.891 cidadãos foram submetidos à revisão em 14 municípios, dos quais 106.189 foram biometrizados, atingindo 85,72% do eleitorado, superando a meta de 80% estipulada pelo TSE.

Na análise da presidente do TRE-RR, desembargadora Tânia Vasconcelos, os resultados alcançados foram positivos e permitem realizar uma eleição ainda mais segura em 2018. “Apesar das dificuldades, com o empenho de todos os servidores foi possível superar todas as metas estabelecidas pelo TSE. Após a homologação da biometria em todo o estado, cerca de 17 mil títulos serão cancelados e assim teremos realmente o número de eleitores ativos no nosso cadastro eleitoral”, destacou a presidente.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação do TRE-RR, Wanderlan Fonseca, quem ainda não realizou o cadastro biométrico, deve comparecer na respectiva zona eleitoral até o dia 9 de maio de 2018 para fazer o procedimento obrigatório, munido de documento de identificação oficial com foto e comprovante de endereço. Os cartórios funcionam de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 15h,

Segurança - A biometria é uma tecnologia que confere mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação, pois o leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. Com isso, fica praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas. Um dos objetivos da biometria é atualizar o cadastro eleitoral, por meio da coleta de impressões digitais, registro fotográfico dos eleitores e revisão dos dados cadastrais.

Estatística - Atualmente, dos 324.516 eleitores de Roraima, 311.092 foram registrados biometricamente no estado, o que representa 95% do eleitorado, incluindo os 15 municípios do Estado. A primeira etapa do cadastramento biométrico iniciou em abril de 2013, na capital Boa Vista. Na 2ª fase, foram revisados os eleitores de Mucajaí e Iracema, nos meses de setembro e outubro de 2015. A 3ª etapa foi realizada nos municípios de Caroebe, São João da Baliza e São Luiz do Anauá, nos meses de abril e maio de 2016. A 4ª e última fase iniciou em maio deste ano, em Caracaraí, e encerrou em Pacaraima, em dezembro.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down