Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Alunos receberam certificados do projeto que beneficia a agricultura comunitária

Um espaço comunitário para ensinar a plantar e a colher. Essa foi a proposta de política pública da Casa do Cidadão Agricultor, criada pelos alunos do Projeto Desbravadores Digitais “Educação Conectada e Cidadania". O local foi entregue durante solenidade de encerramento do projeto que ocorreu na sexta-feira, dia 4 de maio.

Além dos pais e alunos do projeto, participaram da cerimônia o vice-prefeito e secretário da Secretaria Municipal de Tecnologia e Inclusão Digital, Arthur Henrique Brandão, o secretário adjunto da SMTI, Filipe Rocha e o secretário de Agricultura, Marlon Buss. A professora Karen Ellen e os alunos explanaram sobre toda a trajetória do projeto dos Desbravadores, além disso falaram sobre o processo de criação da Casa do Cidadão Agricultor.

O vice-prefeito Arthur Henrique falou sobre a importância do projeto dos Desbravadores, que dá oportunidade para que esses jovens possam aprender sobre Política Pública e georeferenciamento, áreas primordiais que podem ser utilizadas no desenvolvimento do município. “É gratificante ver o desenvolvimento desses jovens, eles podem se tornar um dia grandes gestores e, para isso, é importante estudar e se dedicar muito”, concluiu Arthur.

Thereza Kristyna Leite Pereira é uma das alunas que participam do projeto desde 2016. Para ela, a evolução do projeto e o crescimento pessoal e intelectual dos alunos são notórios. “Esse ano eu aprendi muito mais e percebi que tudo que conheci aqui durante o desenvolvimento desse projeto eu vou ver durante a minha vida, quer dizer, já estou vendo assuntos parecidos na escola”, concluiu.

No final da solenidade os alunos participantes receberam os certificados de conclusão do treinamento e desenvolvimento profissional do projeto dos Desbravadores Digitais “Educação Conectada e Cidadania", que teve 120 horas de duração.

Desbravadores Digitais – O projeto tem o intuito de fazer com que os alunos conheçam mais o território municipal utilizando sistema GIS Opensource e imagens de satélite. As informações coletadas são trabalhadas em oficinas de modo que estimulem a criação de políticas públicas sob os olhares da população. O objetivo central do projeto é promover a inclusão digital de maneira lúdica através de atividades que envolvam os participantes, população e gestores.

Em 2017, o projeto Desbravadores Digitais trabalhou o tema “Agricultura e Clima” e foi expandido para ser explorado nas escolas Luíz Canará, Juslany de Souza Flores, Delacir de Melo Lima e Carmem Eugênia Macaggi. O projeto foi implantado como um ensino Interdisciplinar, pois ao longo das aulas foram utilizados os conteúdos de Geografia, História, Ciências, Matemática e Português, com aplicações práticas.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down