Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Casos recentes de acidentes trazem o alerta para cuidados com hábitos nocivos do cotidiano, como deixar o celular carregando ao lado da cama enquanto dorme

Os celulares são parte indispensável do mundo moderno, e em nenhum momento da história da cultura humana uma tecnologia mudou tanto a maneira das pessoas se comunicarem. Hoje esses dispositivos móveis estão conectados quase 24 horas por dia, 7 dias por semana. Não há dúvidas que os celulares proporcionam benefícios reais, como a melhoria da qualidade de vida e a produtividade.

Mas esse uso intenso também é capaz de trazer riscos que podem levar à morte. Foi o caso recente de um adolescente no Ceará que foi eletrocutado após atender uma chamada enquanto o celular estava carregando. Os casos vêm crescendo a cada dia e o jovem infelizmente não foi a primeira e nem será a última vítima. Por isso, a disseminação dos cuidados que devem ser tomados ganha mais força para evitar outros casos trágicos.

Equipamentos em más condições são os principais causadores de casos como o do jovem cearense. Extensões desencapadas, uso durante o banho e principalmente a utilização de carregadores falsificados são as causas dos acidentes.

“As pessoas devem esquecer os mitos de que o carregador genérico cumpre o mesmo objetivo que o de marca e que não há necessidade de investir em acessórios originais por serem mais caros. Os riscos pelo uso de um carregador falsificado são gigantes e nenhuma vida vale a economia”, defende Pedro Al Shara, CEO da TS Shara, fabricante nacional de equipamentos protetores de energia, como nobreaks, estabilizadores de tensão, filtros de linha, autotransformadores e protetores de rede inteligentes.

Pedro ainda ressalta que alguns hábitos comuns, vistos como inofensivos, podem causar muitos problemas, como deixar o celular carregando ao lado da cama enquanto dorme. “Essa ação leva a três grandes problemas: deixar o celular carregando além do tempo necessário, uso enquanto carrega e principalmente o risco de descargas elétricas que afetem o carregador e gerem incêndios. Nesse caso, o risco é ampliado, pois os moradores podem estar dormindo e não ter tempo suficiente para se salvarem”, explica o executivo.

A TS Shara preparou uma lista com os principais cuidados que devem ser tomados para garantir a sua segurança e a vida útil do seu celular. Confira:

• Compre sempre acessórios de marcas confiáveis e evite o uso de aparelhos em más condições. Um carregador falsificado, que não atende às normas e padrões de segurança, pode causar diferença de tensão elétrica, gerando graves acidentes.

• Evite o uso de aparelhos que estejam conectados na rede elétrica, seja tomada ou USB. Alguém ligou ou quer ver se recebeu alguma mensagem? Para evitar perigos, desconecte o celular da energia elétrica antes de utilizá-lo.

• Incidência de raios? Tire o carregador da tomada mesmo que não esteja chovendo e somente torne a carregar o celular quando os raios tiverem cessado.

• Se o celular já encerrou o ciclo de carregamento, tire o carregador da tomada para evitar que o acessório continue consumindo energia. Os equipamentos originais têm um dispositivo que impede o envio de corrente caso não tenha nenhum aparelho conectado, porém os carregadores falsificados não oferecem a mesma segurança e o hábito de manter na tomada pode até causar incêndios.

• O uso de extensões ou adaptadores deve ser reduzido. Muitas pessoas acabam sobrecarregando a tomada, o que pode gerar incêndios. Opte em colocar o celular em uma tomada única, sem adaptadores ou extensões.

• Nunca carregue o celular em ambientes úmidos, como banheiros. O uso pode gerar mais riscos de choque elétrico.

• A manutenção deve ser uma aliada. Faça manutenção da rede elétrica, celulares e outros equipamentos utilizados para recarregar celulares, como notebooks e tablets.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down