Quarta, 09 Março 2016 15:36

Governadora cobra da Eletrobrás solução para fim dos apagões

Escrito por

A governadora se reuniu com representantes da Eletrobrás Distribuição Roraima e Eletronorte. Ela lembrou que a população está apreensiva

0903 Suely reune se com eletrobras2A governadora Suely Campos recebeu na tarde desta terça-feira, 8, os representantes da Eletrobrás Distribuição Roraima e Eletronorte, para cobrar explicações sobre as causas dos constantes apagões sofridos nos últimos dias.

A convocação foi uma forma de esclarecer para a população, as causas, bem como as soluções para o problema. “A população toda está apreensiva, e isso causa grandes prejuízos. Por isso resolvemos chamá-los para cobrar uma solução para o problema”, destacou a governadora.

O presidente da Eletrobrás Roraima, Luiz Henrique Hamann, explicou que as quedas de energia se devem aos constantes desligamentos na linha de transmissão de Guri. “São problemas ocasionados dentro das instalações de Santa Elena, na Venezuela, até aqui. Eles têm feito a manutenção corretiva, mas, infelizmente isso repercute numa ausência de suprimento de energia para nós, e então é necessário acionar nosso parque térmico”, esclareceu.

Ainda segundo Hamann, as termoelétricas existentes no Estado são suficientes para suprir a demanda. “O processo para ativar as termoelétricas não é rápido e, além disso, essa ausência de energia traz outros problemas elétricos para nosso sistema, por isso que temos dificuldades em recompor a necessidade da população. Isso tudo está sendo trabalhado para que o problema seja resolvido”, destacou.

De acordo com o gerente da Eletronorte, Roni Franco, a empresa venezuelana está precisando de ajuda na manutenção da usina. “O Ministério de Minas e Energia vai oferecer ajuda para a manutenção da linha que liga Macagua à Boa Vista, mas enquanto isso, nossas termoelétricas serão a opção para suprir a energia nesses casos de quedas de energia”, esclareceu.

A Eletrobrás irá receber nos próximos dias mais de seis milhões de litros de combustível para uso nas termoelétricas. O óleo diesel é fundamental para que as usinas funcionem plenamente.