Sexta, 14 Fevereiro 2020 02:19

Mecias de Jesus e Jhonatan cobram ações urgentes do Governo Federal em Roraima

Escrito por Gilvan Costa - Ascom

O senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) cobrou durante reunião com o vice-presidente, Hamilton Mourão, e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, nesta quinta-feira, 13, em Pacaraima, ações urgentes do Governo Federal para solucionar os impactos da crise migratória venezuelana no estado de Roraima.

O parlamentar disse que desde o início do seu mandato, no ano passado, vem fazendo uma série de reivindicações ao presidente Jair Bolsonaro, com o intuito de solucionar ou ao menos amenizar os efeitos do grande fluxo migratório que se abateu sobre Roraima, sobretudo nas áreas de saúde e segurança.

"Desde o ano passado tenho cobrado para que haja um maior controle na nossa fronteira em Pacaraima, para evitar a entrada indiscriminada de migrantes, sobretudo pessoas envolvidas com o crime organizado. Já solicitei, inclusive, que migrantes que se envolvam em crimes no nosso estado sejam deportados para seu país de origem. Pedi também a construção de um campo de refugiados na fronteira mas, uma das  reivindicações mais urgentes é que o Governo Federal repasse recursos para o Estado poder investir em saúde e segurança pública, que são as áreas mais afetadas", pontuou Mecias.

Com relação a Pacaraima, o vice-presidente Hamilton Mourão enfatizou que é necessário resolver a situação da delimitação da área urbana do município, para que a Prefeitura possa ter condições jurídicas de receber recursos federais.

"Em primeiro lugar nós temos de resolver o problema da terra indígena, para que o município possa efetivamente receber e empregar esses recursos", destacou.

Mecias de Jesus informou que, quanto a isso, já foi aprovado no Senado, o PDL 28/2019, de sua autoria, que exclui a área urbana do município de Pacaraima da Terra Indígena São Marcos corrigido o erro da demarcação da sede do município.

"Assim, Pacaraima poderá receber os investimentos federais. O deputado Jhonatan de Jesus já pediu ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, urgência nessa votação e a previsão é votar a matéria na próxima semana", afirmou.

Jhonatan de Jesus, que também participou da visita a Pacaraima, cobrou de Hamilton Mourão mais agilidade do Governo Federal na liberação de recursos para o Estado pode enfrentar os efeitos da migração venezuelana.

"Nós estamos tentando evitar que aconteça uma guerra civil. Nós parabenizamos a Acolhida pelo trabalho que ela tem feito, mas nós queremos que também seja retribuído ao Estado. O governador arcando com todas as despesas de educação e saúde, a prefeitura de Pacaraima também. Por mais que a gente coloque as emendas em Pacaraima, a burocracia de liberação de Ibama, Funasa, para a documentação e liberação da obra demora um ano e meio. Então, a gente termina passando para a população como se fossemos mentirosos, porque anunciamos e não acontece", disse.