Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A Polícia Civil de Roraima, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher – DEAM realizou na quinta-feira, 8, a operação “Acorda José” e cumpriu 6 mandados de prisão. A operação aconteceu simultaneamente em todos os estados brasileiros com objetivo de fortalecer o trabalho da Polícia Civil.

Em Roraima, as investigações começaram há 6 meses e a execução das prisões começou às 5 horas de quinta-feira, estendendo-se até às 14 horas. Todos os mandados eram referentes a crimes de violência doméstica familiar e sexual. A ação foi coordenada pela delegada titular da DEAM/RR, Catherine Ayres Saraiva, que contou com o apoio do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa – DHPP e Polícia Interestadual – POLINTER.

De acordo com Catherine, foi realizado um levantamento de todos os mandados de prisão decretados em desfavor de infratores que praticaram violência doméstica em Boa Vista e que aguardavam cumprimento. Todos os presos foram encaminhados ao Sistema Prisional de Boa Vista.

A operação “Acorda José” foi realizada em vários bairros da cidade. Talison Sales da Silva, 32 anos, foi preso no bairro Santa Tereza, acusado de praticar estupro. Adilson Miranda, 47 anos, foi preso no Jardim Primavera e teve prisão preventiva decretada para garantir a ordem pública, proteção, integridade física e psicológica de seus familiares.

Mariano da Silva Paes, 29 anos, foi preso no bairro Senador Hélio Campos. Ele também teve prisão preventiva decretada. Franciel Luiz Ribeiro, 24, foi preso no bairro Pérola VI, em virtude de sentença condenatória por crime de lesão corporal e posse de arma de fogo. Ele foi condenado a 1 ano, 4 meses e 15 dias de prisão.

Vanderlei Pereira da Conceição, de 28 anos, foi preso no bairro Senador Hélio Campos, por descumprir medida protetiva. Marcos Macedo Brito, de 34 anos, foi preso no bairro Pintolândia, por força de mandado de prisão na sentença condenatória em regime fechado. Ele foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down