Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Além de colocar profissionais mais qualificados nas ruas, a progressão na carreira gera motivação para o policial militar

Preocupado com a segurança pública do estado, o deputado Coronel Chagas (PRTB) fez uma indicação ao Governo de Roraima para que realize processo seletivo para formação de cabos da Polícia Militar. Segundo o parlamentar há 160 vagas abertas na corporação.

O deputado protocolou a indicação n° 168/2018, nesta terça-feira (22), na Assembleia Legislativa de Roraima. Chagas justifica a sua iniciativa que foi tomada em razão do aumento das taxas de criminalidade, principalmente em Boa Vista.

Como policial militar, o deputado tem acompanhado de perto a evolução do sistema de segurança e os relatórios, cada vez mais críticos, dos órgãos do setor alertando para o crescente aumento da criminalidade. Ele destaca como fatores que contribuem para o atual panorama, o crescimento da população e da imigração venezuelana desordenada.

“Tudo isso reforça ainda mais a necessidade de se colocar mais policiais capacitados nas ruas, como forma de coibir essa escalada de crimes que tem preocupado, sobretudo a população, tanto da capital como do interior”, comentou o deputado coronel Chagas.

Traçando um panorama do atual quadro da Polícia Militar, ele argumenta que lá existe um efetivo previsto em lei de 3.500 profissionais. Para a graduação de cabo, há 163 vagas, sendo que somente três estão preenchidas. E vai mais além, destacando que em contrapartida, há 720 soldados, dos quais 637 estão aptos para ingressar no curso de formação de cabos. O último certame foi em 2010.

"Assim teremos o reconhecimento e a valorização dos nossos praças, visando dar justo valor a capacidade profissional e as habilitações especiais dos soldados, que prestam relevantes serviços à sociedade roraimense", esclareceu o Coronel Chagas.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down