logo jrh

Boa Vista - RR, Quinta-feira, 23 de maio de 2019

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) denunciou os venezuelanos Roney Alexis e Omar David acusados de latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido na tarde do dia 03/09 em uma pizzaria no município de Caracaraí, sul do Estado.

A dupla confessou à polícia ter esfaqueado até a morte o comerciante Charles Tavares da Silva, que era proprietário da pizzaria. Na ocasião do crime, os denunciados subtraíram uma quantia de R$ 5.076,00, além de objetos da vítima.

Conforme a denúncia protocolada pela Promotoria de Justiça de Caracaraí, após o crime, os acusados fugiram de táxi com destino à Boa Vista e, posteriormente seguiram em direção à Pacaraima. Os dois pretendiam atravessar a fronteira para o país vizinho, segundo as investigações.

Apesar da tentativa de fuga, os denunciados foram abordados e em seguida detidos pelo Exército Brasileiro em Pacaraima. Após a detenção dos venezuelanos, a Polícia Militar foi acionada e conduziu os acusados para a delegacia do município.

Na ocasião da prisão, os dois ainda estavam com os objetos subtraídos da vítima. Também foram apreendidos com os denunciados duas facas utilizadas na prática do crime, ainda com vestígios de sangue.

Consta na denúncia, oferecida pelo promotor de Justiça Substituto, Raphael Talles Pereira, que Roney Alexis possuía um relacionamento amoroso com a vítima, que também era seu patrão, e há a aproximadamente três meses trabalhava como pizzaiolo. Já o denunciado Omar Davi teria vindo morar no Brasil há um mês e auxiliava Roney nos serviços da pizzaria.

Os acusados foram denunciados por crime previsto no artigo 157, paragrafo 3º, inciso II, do Código Penal.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down