Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

"Como senador, terei que trabalhar por causas nacionais, mas, quero, com urgência, tratar das questões de Roraima”

Deputado estadual pelo sexto mandato, Mecias de Jesus confirmou no último dia 7 de outubro nas urnas de Roraima, que trabalho, aliado à experiência e dedicação as necessidades da população, são o caminho para o êxito na política.

Presidente regional do Partido Republicano Brasileiro em Roraima (PRB-RR), ele foi eleito senador da República com 85.366 mil votos. E fazendo análise sobre as projeções de sua atuação no Senado, afirma que pretende trabalhar por mais recursos e investimentos para o Estado, e terá como prioridade inicial ações em defesa de temas como: Energia Elétrica, Saúde, Segurança e Titulação das terras de Roraima.

“Temos várias prioridades, entre elas, o que é mais urgente, é a energia elétrica. O Governo, juntamente com os senadores da República do nosso Estado e os demais deputados federais, tem que forçar o Governo Federal a trazer o Linhão de Tucuruí até Roraima, e assim proporcionar de uma vez por todas energia segura e de qualidade”, assegurou.

O senador eleito também garantiu forte atuação para resolver o problema da saúde, com o foco em lutar para aumentar a quantidade de recursos destinados para área, e proporcionar desta forma, melhorarias na qualidade dos serviços oferecidos a população.

“Avalio a Saúde de Roraima hoje com um dos problemas mais graves que enfrentamos. Nossos hospitais não dispõem do mínimo para atender a população que depende da saúde pública. A situação do nosso Estado se agravou muito, principalmente depois da vinda dos venezuelanos, que também conseqüentemente afetou questões relativas à Segurança pública. Somos um dos Estados mais violentos do Brasil. Como senador, terei que trabalhar por causas nacionais, mas, quero, com urgência, tratar das questões de Roraima”, explicou.

Mecias classificou como “vergonhosa” a questão das terras de Roraima, garantindo que há falta de vontade política em resolver esse problema que já se arrasta por longo período.

“As terras de Roraima, a parte que de fato é pro Estado, ainda não estão em nome do Estado e em função disso, Roraima não pode emitir título definitivo, e o produtor, o dono da propriedade não pode ter uma escritura pública e conseqüentemente não pode ir ao banco contrair empréstimo. Como senador, também irei levantar esta bandeira e trabalhar pra resolver essa demanda de Roraima”, disse.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down