Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Os parlamentares que integram a Bancada Federal de Roraima participaram, última quarta-feira, dia 27, de uma reunião com a ministra do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina, para discutir medidas de controle fitossanitário sobre a incidência da praga da Mosca da Carambola na produção frutífera do Estado de Roraima.

Na audiência, os parlamentares entregaram um ofício, com estudos recentes sobre danos potenciais econômicos e ambientais realizados pela Agência de Defesa Agropecuária de Roraima (ADERR) sobre a proliferação do inseto na região. Os integrantes da bancada federal de Roraima solicitaram incentivos financeiros e ações pactuadas de maneira bilateral, entre o Governo Brasileiro e o da Guiana.

No mês de novembro de 2018, foi registrado um novo foco da praga, no município de Alto Alegre, na região Centro-Oeste do Estado. O inseto foi detectado em uma das armadilhas da ADERR e do Ministério da Agricultura. Alto Alegre é um grande produtor de tomates e pimentas em Roraima.

Para o deputado Haroldo Cathedral (PSD-RR) a erradicação da Mosca da Carambola precisa ser uma das prioridades do país.“O controle fitossanitário desta praga é um assunto de extrema relevância para o setor produtivo de Roraima. Significa um grande entrave ao desenvolvimento da nossa fruticultura, podendo ainda afetar drasticamente a fruticultura nacional. Dessa forma, a reunião serviu para reforçarmos o pedido de apoio do Governo Federal nesta luta pelo controle e erradicação da Mosca da Carambola”, afirmou o parlamentar que ainda defendeu a necessidade de implementação do acordo de cooperação em conjunto com os países onde a ocorrência da praga é comprovada.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down