jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A parlamentar apresentou os trabalhos realizados pela Procuradoria Especial da Mulher, por meio da ALE-RR

Os programas da Procuraria Especial da Mulher, da Assembleia Legislativa de Roraima, têm sido referência para outros Estados do país no combate à violência doméstica e familiar. A convite da bancada feminina da Alesc (Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina), A deputada estadual Lenir Rodrigues (PPS), fez uma palestra na segunda-feira (18), dentro da programação alusiva ao mês da mulher.

Para Lenir, que está à frente da Procuradoria, ministrar a Palestra Políticas Afirmativas de Proteção à Mulher foi uma oportunidade de divulgar os programas e ações realizados para que sirvam de referência para outros Estados. A Procuradoria possui o Centro Humanitário de Apoio à Mulher (Chame), Núcleo de Prevenção ao Tráfico de Pessoas e o Núcleo Reflexivo Reconstruir.

“Os programas têm alcançado excelentes resultados no combate à violência contra a mulher em Roraima e fico feliz com outros estados nos considerando um exemplo a ser seguido. Espero que os programas possam ser difundidos para ajudar na diminuição das estatísticas a nível nacional”.

O Núcleo de Prevenção ao Tráfico de Pessoas, promove ações de prevenção e acolhe as vítimas de tráfico de pessoas, atendidas por uma equipe multidisciplinar, composta por enfermeiro, assistente social, internacionalista e advogada.

Já o Núcleo Reconstruir, utiliza o diálogo e a sensibilização para ressocializar autores de violência doméstica e familiar, por meio de palestras, rodas de conversa e terapia em grupo, para que não haja reincidência.

A coordenadora da Bancada Feminina da Alesc, Ana de Luca (MDB), ressaltou que conheceu o trabalho do Chame após o Centro receber um prêmio nacional, concedido pela câmara dos deputados e quis saber mais sobre os demais programas da Procuradoria. “Convidamos a deputada Lenir pelo seu desempenho à frente da Procuradoria Especial da Mulher em Roraima, porque tenho certeza que juntas somos mais fortes se, cada vez mais, tratarmos das políticas afirmativas para a mulher”.

A programação do Mês da Mulher é promovida pela Bancada Feminina da Alesc, em parceria com o Fórum Suprapartidário (composto por movimentos sociais, populares, sindicais e partidos progressistas). O evento vai de 7 a 28 de março, com palestras, exposições, debates e homenagens. A programação completa está disponível no site: www.alesc.sc.gov.br.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down