jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O PETISMO é uma doença aguda causada pelo vírus do analfabetismo político, sendo um dos principais problemas de saúde mental em nosso país. É transmitido por oportunistas inescrupulosos, esquerdopatas travestidos de democratas, que justamente nos momentos de crises encontram condições ideais para sua proliferação. É uma doença potencialmente grave, porque pode evoluir para institucionalização da corrupção.

Como afeta gravemente a memória daqueles que por ela um dia já foram contaminados (e poucos estiveram isentos disto), cabe sempre lembrar, que por tristes 16 anos , o PETISMO se alastrou em nosso país, causando uma epidemia que quase dizimou o patrimônio público. Além disto, arruinou grandes empresas como Petrobrás e Vale, que deixaram de ser baluartes da geração de riquezas para se tornarem vergonhosos exemplos da desfaçatez vexatória perante o mundo.

O PETISMO também arruinou a livre concorrência, a economia e o mercado. Contaminou as mais diversas instituições e empresas como o BNDES, JBS, Odebrecht, Andrade Gutierrez, OAS e tantas outras. Multiplicou o desemprego. Utilizou-se da miséria.

Seus efeitos foram devastadores para a segurança pública e a saúde. A educação foi totalmente assolada por este mal causando uma profunda degradação moral na cultura de nosso país. Como se não bastasse, o PETISMO também foi extremamente covarde com nossas crianças na tentativa criminosa de erotizá-las, sendo além disto, porta de entrada para ideologias nefastas.

O remédio contra este mal vem sendo administrados em várias doses. A primeira dose da lava jato coseguiu eliminar alguns sintomas como a Lulodesinteria, grave diarreia, que poderia nos levar ao uma desidratação político/social como nunca se viu na história deste país, podendo evoluir inclusive para o Venezuelismo.

A segunda dose foi a eleição de Bolsonaro que para alguns foi mais dolorida do que injeção de benzetacil, ainda assim, levará um tempo para produzir todos os seus efeitos.

Mas cuidado. O PETISMO ainda não foi erradicado em nosso país. A responsabilidade é de todos nós. O fisiologismo é a forma mais cruel de doutrinar o petista, ele não é petista de graça, ou arranja um trabalho nos moldes ou não faz a campanha.

Evite acúmulos diários de excrementos, travestidos de notícias veiculados pela grande mídia (Globolixo, Foice de São Paulo & Cia)

Desinfete bem os ouvidos do canto inebriante da sereia dos agitadores de plantão para não se tornarem massas de manobras políticas.

Não venda suas almas por falsas promessas e esperanças. Não venha se tornar patrocinador do caos, aliais única razão da existência do PETISMO.


Padre Carlos de Oliveira é Professor, sociólogo e filósofo graduado pela PUC de São Paulo, Brasil.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down