Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Membros da Comissão Especial Externa aprovaram o nome de José Haroldo Figueiredo Campos para presidência do IPER - Instituto de Previdência do Estado de Roraima. A reunião foi realizada na tarde desta quarta-feira (8), na sala de reuniões da Assembleia Legislativa de Roraima.

A arguição foi realizada pelos deputados Odilon Filho (Patri), Renato Silva (PRB), Catarina Guerra (SD), Aurelina Medeiros (Pode) e Soldado Sampaio (PCdoB). Na ocasião, os parlamentares questionaram os desafios da gestão frente à crise financeira do Estado, reforma da previdência além de planos e projetos a serem desenvolvidos na autarquia.

José Haroldo apresentou levantamentos de perspectivas de aposentadorias dos servidores efetivos estaduais para os próximos 30 anos. Destacou, entre os desafios, o déficit previdenciário de R$ 500 milhões para o qual, segundo ele, o Governo do Estado tem buscado soluções. Atualmente, o instituto tem um patrimônio estimado em R$ 3,5 bilhões e 17 mil servidores efetivos do Estado.

Caso a permanência dele seja aprovada em plenário, o próximo passo será a discussão da Reforma Previdenciária. “Somos um dos poucos institutos brasileiros superavitários. Pode ser que tenhamos uma reforma pouco mais branda. Ela é necessária para mantermos a previdência saudável. Hoje ela é saudável, mas nós temos que pensar daqui a 20, 30 anos”.

Para o desenvolvimento do Instituto, José Haroldo pretende implantar ainda neste ano um Sistema de Gestão Integrada entre o Instituto e a Segad - Secretaria Estadual de Gestão e Administração. “A gente terá acesso mais fácil à folha de pagamento do Estado e tendo esse acesso, podemos auditar melhor. Fazendo essa gestão integrada teremos acesso mais célere a folha financeira dos servidores, tendo acesso mais rápido teremos a aposentadoria mais rápido”, explicou.

O presidente da Comissão Especial Externa, deputado Odilon Filho, destacou o conhecimento técnico de José Haroldo sobre os trabalhos desenvolvidos dentro do IPER. “Não tivemos dificuldades em fazer com que seu nome fosse aprovado na comissão, agora segue para plenário para votação pelos 24 deputados”.

José Haroldo Figueiredo Campos é pós-graduado em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas e bacharel em Direito pela Universidade de Cuiabá. Entre as experiências está como diretor Administrativo da Faculdade Cathedral, diretor Financeiro da Holding HFM.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down