jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A violência contra a mulher e os casos de feminicídio no País foram temas de um grupo de trabalho, quinta-feira (13), no Seminário Regional de Promoção e Defesa da Cidadania, realizado em Manaus (AM) pela Unale - União Nacional dos Legisladores e Legislativos, em parceria com a Assembleia Legislativa do Amazonas e o Parlamento Amazônico.

A deputada Betânia Almeida (PV) representou Roraima nesta discussão como presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Família, da Mulher, da Criança, do Adolescente e Ação Social. Segundo ela, as informações compartilhadas por outros Estados servirão de exemplos para serem aplicados em Roraima.

“Tudo que podemos adquirir, participar de debates e entrevistas, de grupos de estudos, servem para aplicação em nosso estado, uma vez que ocupamos um dos primeiros lugares no ranking nacional de violência da mulher e feminicídio”, comentou.

Uma das participantes, a desembargadora Eva Evangelista, coordenadora das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Acre, falou que no Brasil, atualmente, existe, aproximadamente 1 milhão relacionados à processos de violência contra a mulher. Ela afirma que é preciso um olhar mais humanizado para aquelas que buscam apoio. “A violência é oriunda dos lares”.

A mediadora, deputada Alessandra Campelo (MDB-AM), parabenizou a participação de Roraima no discurso e espera que as informações coletadas neste encontro fortaleçam as ações no Estado. Ela destacou alguns pontos importantes apresentados neste encontro, como o uso de tecnologias na proteção de mulheres com medidas protetivas, capacitação de profissionais para identificar vítimas de violência em atendimentos, entre outros pontos. “Tivemos a participação de deputados e deputadas, membros da sociedade civil, de outros órgãos e foi um grande intercâmbio de informações”.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down