jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A deputada Lenir Rodrigues, procuradoria especial da mulher, da Assembleia Legislativa de Roraima, participa do 1º Seminário Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres do Campo, da Cidade, da Floresta e das Águas. A promoção do evento é da Setrabes - Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social, em parceria com a Rede de Proteção da Mulher no Estado.

O encontro está sendo realizado no auditório do Pronat, na UFRR - Universidade Federal de Roraima. A procuradora especial da mulher, deputada Lenir Rodrigues (Cidadania), nesta sexta-feira (28), a partir das 9h25, apresentará o painel “A mulher da Atualidade no Cenário Político”.

A parlamentar apresentou ao público presente parte da equipe representativa dos programas e projetos desenvolvidos pela Procuradoria Especial da Mulher, como o Núcleo Reflexivo Reconstruir, o Núcleo de Promoção, Prevenção e Atendimento às Mulheres Vítimas de Tráfico de Pessoas, o Chame - Centro Humanitário de Apoio à Mulher e os núcleos Mulheres na Política e Mulheres Indígenas.

“Esse seminário tem o objetivo de construir o Plano Estadual de Políticas para as Mulheres e o Governo de Roraima está de parabéns por construir, a muitas mãos, esse Plano, vendo e analisando todas as opiniões e especificidades”, explicou a parlamentar.

2806 Seminario Politicas Publicas Para Mulheres Foto Eduardo Andrade

Lenir Rodrigues destaca a importância de ouvir representantes de todas as categorias e que precisam de políticas específicas de proteção. “O foco está começando com combate à violência, já que Roraima, infelizmente, está no mapa nacional da violência como um dos estados que mais comete feminicídios no País”.

O deputado Renan Filho (PRB) compartilhou sobre os trabalhos desenvolvidos como parlamentar, entre eles, o projeto de lei recém aprovado que institui programa permanente de valorização da mulher entre os estudantes da rede pública de ensino. “Acho que a mulher não tem que ter uma Semana da Valorização, ela deve ser valorizada todos os dias”.

Outros parceiros do Seminário são secretarias estaduais de Saúde, Educação, Agricultura, Cultura e do Índio; Defensoria Pública; MPE; Polícia Militar; Liga Roraimense de Combate ao Câncer; Organização das Mulheres Indígenas de Roraima; UFRR, Câmara de Boa Vista; Sistema S; Polícia Civil; e ONU Mulheres.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down