jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Para o deputado, esta decisão foi fruto do trabalho integrado do Governo do Estado com os parlamentares que integram a Bancada Federal

O deputado Haroldo Cathedral (PSD-RR) comemorou a decisão publicada no Diário Oficial da União, de segunda-feira (15), através da Portaria 654/19, que autoriza a prorrogação do emprego da Foça Nacional de Segurança Pública (FNSP) na cidade de Boa Vista.

Com a portaria, o efetivo permanecerá, por mais 90 dias, atuando em apoio aos órgãos de segurança pública no Estado de Roraima, nas atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e na incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, a contar de 23 de julho de 2019.

Para o deputado esta decisão foi fruto do trabalho integrado do Governo do Estado com os parlamentares que integram a Bancada Federal. “O Governador Antônio Denarium pediu um esforço conjunto de toda a bancada e nos prontificamos a atuar junto ao Executivo Federal para permanência da Força Nacional em Roraima”, afirmou Cathedral.

No final do mês de junho, o deputado Haroldo Cathedral fez uso da Tribuna, na sessão plenária da Câmara dos Deputados, para reforçar o apelo junto ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, pela prorrogação do contingente da Força Nacional no Estado. Na ocasião, o deputado falou sobre os efeitos da crise migratória em Roraima e o crescimento dos índices de violência.

“A migração venezuelana tem potencializado em muito a violência em Roraima. Não temos estrutura para abarcar toda essa crescente demanda que chega diariamente em nossas cidades. Estamos sofrendo impactos sociais profundos com o aumento da criminalidade, da comercialização de entorpecentes e do tráfico de drogas e de armas”, acrescentou.

Haroldo Cathedral salienta que esta decisão não resolve o problema da segurança pública e que outras medidas devem ser adotadas para melhorar as atuais condições dos órgãos estaduais. “Vamos continuar atuando pelo fortalecimento dos órgãos estaduais de segurança e ainda buscando alternativas para aumentar o efetivo. Nossa luta contempla a continuidade do concurso público da Polícia Militar”, finalizou o parlamentar.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down