jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Jhonatan de Jesus alertou que o Governo Federal ainda não acordou que Roraima faz parte do território brasileiro 

O deputado federal Jhonatan de Jesus, líder do Republicanos na Câmara dos Deputados, anunciou ontem, terça-feira (20), que o partido propôs a obstrução nas votações até que o Governo Federal tome providencias com relação ao caos migratório que toma conta de Roraima. A iniciativa foi seguida por vários partidos, sobretudo do Centrão.

De acordo com o parlamentar, a questão a imigração em Roraima chegou a um ponto que não tem mais controle. Ele apresentou números alarmantes sobre a situação em que se encontra o Estado, sobretudo a capital Boa Vista, onde existem mais de 40 mil venezuelanos nas ruas e não existe uma manifestação do Governo Federal sobre o que irá fazer com essas pessoas, e que suporte vai dar ao estado de Roraima.

“O Governo Federal mandou R$ 480 milhões para a Operação Acolhida, que está cuidando de mais de 7 mil venezuelanos que estão hoje em 12 ou 13 abrigos. Mas, a população do estado em geral não está se beneficiando. O nosso Hospital Geral está cheio, a nossa Maternidade está cheia, as frentes das lojas e os comércios estão obstruídos hoje, porque não tem o suporte e o apoio do Governo Federal”, reclamou o deputado, durante pronunciamento na sessão desta terça-feira.

Jhonatan de Jesus alertou que o Governo Federal ainda não acordou que Roraima faz parte do território brasileiro e que a situação não pode continuar como está.

“A nossa obstrução não é contra o Governo. A nossa obstrução não é apenas para querer prejudicar a pauta do Governo. O que nós queremos é um posicionamento; o que vai fazer com a fronteira. Na última quarta-feira, 14, foram 1.200 pessoas que entraram num único dia e eles entram como refugiados. Nós não estamos aqui sendo xenofóbicos, nós estamos aqui pedindo o apoio do nosso presidente Jair Bolsonaro”, explicou.

O parlamentar lembrou ainda que já se reuniu com o ministro Sérgio Moro, da Justiça, com o ministro Onix Lorenzoni, da Casa Civil, entre outros ministros, e vem cobrando um controle maior na fronteira, limitando a entrada de venezuelanos como fizeram outros países. Jhonatan também cobra um suporte maior para o estado de Roraima nas áreas da Saúde, Educação e Segurança Pública, bem como na interiorização dos migrantes para outros estados.

Em resposta ao deputado Jhonatan de Jesus, a líder do Governo no Congresso Nacional, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), disse que o governo está atento, está sensível e já se comprometeu em buscar uma solução rápida e eficaz para o problema.

“O governo está muito preocupado com a questão de Roraima. Uma comissão será formada com ministros das mais diversas pastas, para que a gente possa discutir uma solução envolvendo esse caso, que chama atenção de todo o Brasil”, garantiu.

0
0
0
s2smodern

logo JRH down