jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Sábado, 13 de julho de 2019
Justiça carcomida e sob medida para quem pode pagar

Diagnóstico feito há 50 anos, continua válido.

Não pode haver desenvolvimento, promovendo a justiça e o bem estar social, com a justiça que temos no Brasil!

Bandidos legislam e dominam a justiça no país.

Segue artigo escrito pelo meu amigo John Kirchhofer. Parece que foi ontem.

A justiça carcomida é o pior câncer de uma sociedade.

Em 1971, ganhei um bolsa para estudar nos USA. Foi um seminário sobre desenvolvimento econômico na Harvard University.

Em um encontro com um professor, eu propus uma simples pergunta a ele. Qual o principal fator (citando apenas um), para explicar a diferença do desenvolvimento americano e o brasileiro, ao longo dos 500 anos de descobrimento de ambos os países?

O então mestre sentenciou sem titubear: A justiça!

Explicou ele em poucas palavras: A sociedade só existe e se desenvolve fundamentada em suas leis e sua igualitária execução. A justiça é o solo onde se edifica uma nação e sua cidadania.

Se pétrea, permitirá o soerguimento de grandes nações. Se pantanosa, nada de grande poderá ser construído.

Passados quase 50 anos deste aprendizado, a explicação continua cristalina e sólida como um diamante.

Sem lei e justiça, não haverá uma grande nação.

Do pântano florescerão os “direitos adquiridos”, a impunidade para os poderosos. Dai se multiplicarão as ervas daninhas da corrupção. Que por sua vez sugaram a seiva vital que deveria alimentar todas as folhas que compõem a sociedade.

Como resultado se abrirá o abismo da desigualdade. Este abismo gerará a violência e tensão social.

Neste ambiente de pura selvageria, os mais fortes esmagarão os mais fracos.

O resultado final: o pântano se tornará praticamente inabitável.

As riquezas fugirão sob as barbas gosmentas da justiça paquiderme para outras nações.

Os mais capazes renunciarão a cidadania em busca por terras onde a justiça garanta o mínimo desejado por todos: Que a lei seja igual para todos.

Este é o fato presente e a verdade inegável do pântano chamado Brasil!

Minha geração foi se esgotando na idiota discussão entre esquerda e direita. E ainda continua imbecilizada na disputa entre “nós e eles”, criada pelo inculto Lula e o séquito lulista.

Não enxergaram um palmo na frente do nariz da essência da democracia. Foram comprados com pixulecos, carros, sítios e apartamentos.

Não sei quantos jovens lerão este texto e terão capacidade de interpretar e aprofundar a discussão.

Aos meus quase 70 anos, faço o que está ao meu pequeno alcance.

LEIA mais

0
0
0
s2smodern

logo JRH down