jrh log
ANO XIV - 1º jornal 100% online de Roraima desde 2014


Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Competência é algo pessoal
Como um mindset de poder pode aumentar suas conquistas

Segundo a Neurolinguística, as palavras ativam processos cognitivos que, ao serem processadas pelo cérebro, buscam significado em experiências anteriores. Quer um exemplo? REFRIGERANTE. Qual foi a primeira coisa que te vem à cabeça quando lê essa palavra? Talvez uma marca de refrigerante específica, mas talvez sejam as bolhas que ele faz ao ser colocado em um copo e o sabor dele gelado que essa palavra te faz lembrar.

Isso acontece porque as palavras refletem diretamente na sua neurologia e, então, você pode salivar, sentir sede arrepio etc. Porém, ainda mais forte do que essas sensações provocadas por palavras são o que elas podem fazer em seu subjetivo, no seu inconsciente.

As chamadas crenças limitantes, na Neurolinguística, são aquelas negativas que impedem o indivíduo de trilhar o caminho para o sucesso. Um exemplo disso é quando alguém diz, por exemplo: “Eu não consigo fazer tocar violão” ou “tocar violão é impossível”. Nosso cérebro, ao processar tais frases, vê o “violão” como um vilão, criando uma barreira que o impede de se dedicar 100% àquilo, tornando a sua crença autorrealizável.

Para começar a se desfazer da crença limitante, é preciso ressignificar. Isto é: todo mundo tem uma habilidade única e pode se tornar bom no que faz. Da mesma forma, não é porque alguém te disse uma vez que você é incapaz que isso é verdade ou porque você falhou uma vez irá falhar sempre. É muito importante ter essa consciência e sempre procurar, primeiro conscientemente, a ser melhor consigo mesmo.

Fazer isso sozinho nem sempre é fácil, afinal, muitas vezes a crença está enraizada no nosso subconsciente. Para te ajudar nesse processo, existem diversas empresas que se destacam no ramo do coaching. Entretanto, uma em especial, tem sido referência em seu nicho não somente por ajudar a mudar o mindset de milhares de profissionais do ramo imobiliário, mas também por oferecer diversos cursos de capacitação: o Instituto Quebre As Regras (IQR) atua há seis anos como uma instituição educacional privada, que já impactou mais de 10 mil alunos.

O principal lema de Guilherme Machado, CEO do IQR e criador da Metodologia Quebre As Regras, é: “A dor de desaprender hoje traz o prazer de vender sempre”. Ele explica: Todo mundo quer mudar o mindset e treinar o cérebro para conquistar voos maiores, mas a verdade é que muitos não estão dispostos a desaprender, algo essencial para se livrar das crenças limitantes. Ressiginificar não é apenas dar outro significado a uma palavra; é entender o porquê e saber que não são só as palavras negativas que nos deixam para trás. É o apego ao passado e às experiências anteriores!”

Guilherme cita o exemplo dos corretores de imóveis, que apegados ao que já foram um dia, não conseguem aprender novas técnicas de vendas e acabam perdendo espaço no mercado porque ainda pensam que são bons vendedores: “É uma unanimidade que o mundo se transformou, o mercado evoluiu e o cliente não compra da mesma forma. O apego ao sucesso do passado resulta em perda de vantagem competitiva no presente e o triste fim do negócio no futuro.”

É por isso que fazer uma reprogramação mental é fundamental para a constante evolução. Quando o lado positivo das coisas são trabalhados e as velhas crenças deixadas para trás, as crenças limitantes vão diminuindo a cada dia.

Desafie-se a pensar diferente.

Para saber mais sobre Guilherme Machado, acesse: guilhermemachado.com/qrclass 

0
0
0
s2smodern

logo JRH down